Ir para o conteúdo principal
5 perguntas mais comuns sobre azia

Azia

5 perguntas mais comuns sobre azia

Os sintomas da azia já são conhecidos de muitos brasileiros. Quem nunca teve, pelo menos já ouviu alguém próximo se queixando desse mal estar.

Muitas vezes, a azia aparece após a ingestão de alimentos muito gordurosos, depois de uma noite de diversão ou até mesmo sem motivo aparente.

Veja, a seguir, as principais dúvidas quando o assunto é azia.

  • Como evitar a azia?

    O ideal é ficar longe de alimentos que possam causar gatilhos para o aparecimento dos sintomas. Por exemplo: ingerir alimentos gordurosos, apimentados, café, refrigerante, alimentos ácidos podem contribuir para uma crise de azia1.

  • Além de hábitos alimentares, o que mais pode causar a azia?

    Pouca gente sabe, mas usar roupas apertadas na região abdominal também pode contribuir para sentir azia. Além disso, o tabagismo também pode ser um dos fatores para a azia recorrente1,2.

  • Azia e dor de cabeça: existe relação entre elas?

    Sim, pode haver! Algumas vezes, o alimento ingerido não “cai bem”, provocando a azia. Esse sintoma pode causar estímulos dentro do organismo. São esses estímulos que podem gerar a dor de cabeça3. Mas, fique tranquilo! Essa sensação de mal estar tende a ser curada assim que os problemas gastrointestinais são resolvidos.

  • Por que comidas processadas ou picantes causam azia?

    Esses alimentos têm maior chance de irritar a mucosa do estômago, o que aumenta a possibilidade de causar sintomas de azia ou má digestão.

    Fora isso, os alimentos muito gordurosos reduzem o tônus do músculo que controla a passagem de comida do esôfago para o estômago, gerando refluxo, retardando o esvaziamento gástrico e fazendo com que o alimento fique mais tempo em contato com o estômago2.

  • Azia tem cura?

    É possível adotar uma série de medidas para evitar que os sintomas apareçam. Se você conseguir seguir todos eles ou, pelo menos, grande parte, é provável que você fique longos períodos sem ter esse mal estar. Por exemplo: tenha um estilo de vida saudável, alimente-se bem e pratique exercícios físicos com certa regularidade.

Referências:

  1. MEEK, W. The Pharmacist’s Approach to Heartburn. In: WORD GASTROENTEROLOGY, WGO Handbook on Heartburn: A Global perspective. Milwaukee, WI USA. 26-27p.
  2. CFF – Conselho Federal de farmácia. Azia (acidez/pirose) e dispepsia. In:_____ Guia de prática clínica. Sinais e sintomas do trato gastrointestinal. 2020. Disponível em: https://www.cff.org.br/userfiles/Guia%20-%20AZIA(1).pdf. Acesso em Jul. 2021.
  3. NOGHANI, M., et al. Gastrointestinal headache: A narrative review. Emergency. 2016; 4 (4): 171-183.

PM-BR-SON-21-00016-AGO/2021

Quer dicas para viver melhor com esses desconfortos?

Quer dicas para viver melhor com esses desconfortos?

Conheça nossas dicas.

Saiba mais

seu problema

Seu problema é com dor de cabeça?

Veja aqui tudo sobre dores de cabeça.

Saiba mais

QUER FALAR COM A GENTE?

Ou relatar um evento adverso?